Conteúdos

Red Hat anuncia os seus testes de Certificação Online

Atualizado em 2020-08-15

Olá Pessoal, tudo bem?

Boas notícias para quem ainda não puderam fazer os testes de certificação de Red Hat (lembremos que os testes de certificação de Red Hat só se podem fazer em um Centro Autorizado), e além da situação atual com o COVID-19, finalmente Red Hat anunciou, a disponibilidade de alguns dos seus testes para poder ser feitos em casa/escritório.

Testes Disponíveis


Em 3 de agosto de 2020, estarão disponíveis os seguintes testes para ser feitos on line:

Requisitos Técnicos


Segundo o documento Getting Ready for your Red Hat Remote Exam, vais precisar cumprir con as seguintes condições:

  • Um PC com só um monitor ativo, o uma Laptop com processador Intel/AMD. No caso do laptop, vai se permitir ligar um monitor externo, porém, a laptop deverá permanecer fechada ao momento de fazer o teste.

  • 4GB de memoria RAM no mínimo.

  • Unidade USB de 8GB mínimo de armazenamento.

    A Unidade USB precisa ser apagada completamente para criar o ambiente do teste, é recomendado fazer um backup de todos os dados.

  • Uma Webcam externa com ao menos 1 m. de cabo.

  • É permitido um USB Hub para ligar mouse, teclado, som e microfone.

  • Mouse e Teclado. Podem ser externos e deven ser de cabo (não são permitidos mouses ou teclados wireless) e no caso de ser usada uma laptop, a mesma deverá permanecer fechada ao momento de fazer o teste.

  • Som e microfone. Verificar que o microfone não esteja mudo antes de fazer o teste.

  • Conexão a Internet com velocidades mínimas de download de 768Kbps e upload de 512Kbps.

  • Conexão a rede por cabo. Não se permite conexão pelo Wi-Fi, isto para assegurar a qualidade da transmissão de dados durante o teste.

  • Se o teste fosse feito em uma Laptop, a bateria da mesma deve estar carregada o suficiente e estar ligada ao carregador durante o teste.

Criação do ambiente do teste


Para criar o ambiente do teste, precisamos de três coisas:

  • Uma Unidade USB de 8 GB de capacidade mínimo.
  • O software Fedora Image Writer.
  • A imagem .iso que contém o ambiente do teste.
Precisam-se privilegios de Administrador do sistema para poder executar todos os passos a seguir. Deves de obter privilegios de Administrador da tua equipa de TI se estas a usar um PC fornecido pela empresa.

Windows 7, 8.1 / 10

  1. Baixamos a imagem .iso do ambiente do teste desde aquí

  2. Conectamos a unidade USB ao computador.

  3. Baixamos e instalamos o software Fedora Media Writer desde aquí

Licença
Licença do Programa de Instalação

Localização
Localização da Instalação

Instalação Completada
Instalação Completada

Final
Finalizando Instalador

  1. Abrimos o software Fedora Media Writer para escrever a imagen .iso do ambiente do teste:
    a. Selecionamos Imagem Personalizada

    FIW
    Imagem Personalizada
    b. Escolhemos a imagem .iso onde tinhamos baixado, depois click em Abrir.
    FIW
    A Escolher Imagem
    c. Se a unidade USB se encontrar conectada ao computador, o Fedora Media Writer vai mostrar a unidade para criar o ambiente do teste.
    O Fedora Media Writer apagará todos os dados da unidade USB para criar o ambiente do teste. Faz um backup de todos os dados antes de continuar.
    FIW
    A Escolher Imagem

    d. Click em Escrever ao disco, para começar o processo de escritura.
    FIW
    A Escrever imagem
    FIW
    Comprobando datos
    e. Finalizamos o Fedora Media Writer
    FIW
    Final

  2. Agora iniciamos o disco USB com o ambiente do teste.

Fedora 30 - Fedora 32

Precisam-se privilegios de root ou sudo para poder executar as operações seguintes.

Método 1: Fedora Media Writer

  1. Baixamos a imagem .iso do ambiente do examen desde aquí
  2. Instalamos o Fedora Image Writer desde Software:
    Software
    Aplicação Software
    Software
    Procuramos o software Fedora Media Writer
    Instalação
    Instalamos o Fedora Media Writer
    Fedora Media Writer
    Executamos o Fedora Media Writer
  3. Escolhemos a imagem .iso onde tinhamos baixado, logo click em Abrir e veremos o ecrã Escrever Imagem Personalizada.
    Imagem
    Imagem Personalizada
    Chat Support
    A Escolher Imagem
  4. Iniciamos a escritura do disco USB, devemos de forcener a nossa senha de root.
    Chat Support
    A Escrever ao disco
  5. Uma vez tinha acabado o processo, iniciamos o disco USB com o ambiente do examen.

Método 2: A Usar o programa dd (Método válido tambien para CentOS 7/8 y RHEL 7/8)

  1. Baixamos a imagem .iso do ambiente do examen desde aquí
  2. Identificamos a nossa unidade USB mediante o comando lsblk:
 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
$ lsblk
NAME            MAJ:MIN RM   SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda               8:0    0 931.5G  0 disk 
├─sda1            8:1    0    16M  0 part 
└─sda2            8:2    0 931.5G  0 part 
sdb               8:16   0 447.1G  0 disk 
├─sdb1            8:17   0   200M  0 part /boot/efi
├─sdb2            8:18   0     1G  0 part /boot
└─sdb3            8:19   0   446G  0 part 
  ├─pc-root 253:0    0    81G  0 lvm  /
  ├─pc-swap 253:1    0     2G  0 lvm  [SWAP]
  └─pc-home 253:2    0   363G  0 lvm  /home
sdc               8:32   1    15G  0 disk 
├─sdc1            8:33   1     8M  0 part 
└─sdc2            8:34   1    15G  0 part /run/media/usuario/New Volume
nvme0n1         259:0    0   477G  0 disk 
├─nvme0n1p1     259:1    0   549M  0 part 
├─nvme0n1p2     259:2    0 475.9G  0 part 
└─nvme0n1p3     259:3    0   519M  0 part

Neste caso, por exemplo, a minha unidade USB seria a sdc (pode ser diferente, vai depender de quantos dispotivos estiverem instalados no seu PC)

  1. Com privilegios de sudo executamos o comando dd onde “if=/path” é a rota completa aonde se encontrar a imagem .iso e “of=/dev/sdc” é a rota da unidade USB destino.
1
2
3
4
$ sudo dd if=/home/usuario/Descargas/rhrexboot.iso of=/dev/sdc bs=512k
2417+1 records in
2417+1 records out
1267597312 bytes (1.3 GB, 1.2 GiB) copied, 0.483596 s, 2.6 GB/s
  1. Executamos de novo o comando lsblk para ver as partições feitas pelo comando dd (sdc1, sdc2, sdc3).
 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
$ lsblk
NAME            MAJ:MIN RM   SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda               8:0    0 931.5G  0 disk 
├─sda1            8:1    0    16M  0 part 
└─sda2            8:2    0 931.5G  0 part 
sdb               8:16   0 447.1G  0 disk 
├─sdb1            8:17   0   200M  0 part /boot/efi
├─sdb2            8:18   0     1G  0 part /boot
└─sdb3            8:19   0   446G  0 part 
  ├─pc-root 253:0    0    81G  0 lvm  /
  ├─pc-swap 253:1    0     2G  0 lvm  [SWAP]
  └─pc-home 253:2    0   363G  0 lvm  /home
sdc               8:32   1    15G  0 disk 
├─sdc1            8:33   1   1.2G  0 part 
├─sdc2            8:34   1     8M  0 part 
└─sdc3            8:35   1    17M  0 part 
nvme0n1         259:0    0   477G  0 disk 
├─nvme0n1p1     259:1    0   549M  0 part 
├─nvme0n1p2     259:2    0 475.9G  0 part 
└─nvme0n1p3     259:3    0   519M  0 part 
  1. Desconectamos a unidade USB e a conectamos de novo, se executamos o comando lsblk vamos ver agora o ponto de montagem da unidade:
 1
 2
 3
 4
 5
 6
 7
 8
 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
$ lsblk
NAME          MAJ:MIN RM   SIZE RO TYPE MOUNTPOINT
sda             8:0    0 931.5G  0 disk 
├─sda1          8:1    0    16M  0 part 
└─sda2          8:2    0 931.5G  0 part 
sdb             8:16   0 447.1G  0 disk 
├─sdb1          8:17   0   200M  0 part /boot/efi
├─sdb2          8:18   0     1G  0 part /boot
└─sdb3          8:19   0   446G  0 part 
  ├─pc-root
  │           253:0    0    81G  0 lvm  /
  ├─pc-swap
  │           253:1    0     2G  0 lvm  [SWAP]
  └─pc-home
              253:2    0   363G  0 lvm  /home
sdc             8:32   1    15G  0 disk 
├─sdc1          8:33   1   1.2G  0 part /run/media/usuario/RHRE-20200630
├─sdc2          8:34   1     8M  0 part 
└─sdc3          8:35   1    17M  0 part 
nvme0n1       259:0    0   477G  0 disk 
├─nvme0n1p1   259:1    0   549M  0 part 
├─nvme0n1p2   259:2    0 475.9G  0 part 
└─nvme0n1p3   259:3    0   519M  0 part 
  1. Agora iniciamos o disco USB com o ambiente do examen

Iniciando o disco USB com o ambiente do examen


  1. Reinicia o teu PC, e vai ao Boot Menu, Seleciona o disco de inicio como USB Flash Drive.
    Dependendo do teu computador, a tecla para entrar ao boot menu pode ser diferente, as teclas mais comuns são F2, F4, F11, F12, delete, enter, etc.
  2. Na ecrã de seleção Boot order - pode ser diferente em vários computadores, o típico ercã pode ser o seguinte:
    Boot Order
    Ecrã boot order
  3. Esperamos a que carregue o teste.
    Boot exam
    A Iniciar teste Red Hat
  4. Click OK no ecrã de bem-vinda.
  5. Preparamos o ambiente do teste no ecrã “Settings”, vamos configurar por exemplo o mouse, teclado, região/lingua, som, etc.
    Settings
    Configurando opções
  6. Vamos à opção Network para assegurarmos que tinha tomado os parámetros da rede e que o computador esteja conectado à Internet.
    Network
    Parámetros de Rede
  7. Uma vez que tinhamos verificado a conexão com a Internet, fechamos a janela Settings para conectarnos ao website da Red Hat Individual Exam Scheduler.
  8. Fazemos Login com o usuario e senha da nossa conta redhat.com. Deve ser a mesma com a que se comprou o teste.
  9. Uma vez dentro do ambiente do teste, executamos a opção Compatibility Check para verificar que os requisitos do sistema estiverem correctos.
    Red Hat Individual Exam Scheduler
    Red Hat Individual Exam Scheduler
  10. No caso de precisar ajuda, teremos a opção Raise a live chat with support.
    Chat Support
    Raise a live chat with support
  11. Na secção Your Exams podem ser ver os testes agendados dentro das próximas 24 horas. Faz click em Your Exams para començar com o teste.

Espero que tinham gostado deste tutorial, até a próxima!

Referencias